sexta-feira, 4 de novembro de 2005

Natureza selvagem

Ora pois já fiz hoje a minha boa acção do ano. E eu que já estava com medo… afinal Dezembro já esta quase ‘a porta!
Estava eu a lavar a loiça quando reparo numa grande algazarra no parque mesmo em frente a minha casa. O alarido vinha de uma aparente disputa territorial entre um corvo e uma pega-rabuda. Porem dada a dimensão de um em relação ao outro, a desgraçada da pega estava a levar um enxerto como aqueles que eu já não via desde os meus tempos de miúdo enquanto deambulava pelas aldeias e via as Donas Marias deste Portugal a desancarem os putos entre gritos de ‘Rebento-to!!’. A pega bem gritava mas o corvo calmamente ferrava-lhe o bico. Numa observação mais atenta, reparo que o corvo afinal estava a tentar matar a desgraçada. Nem mesmo uma companheira de vida que veio em seu socorro pode dissuadir tal obstinação.
-Hás-de morrer puta! – Deve ter pensado ele.
Comecei a bater no vidro da janela mas qual que. Cada vez mais furioso apontava agora para a cabeça.
-Deslarga! Deslarga!
-Noooo! The bastard is killing him! - gritava uma preta que por ali passava. O filho chorava de pânico.
Gerou-se uma autêntica cena hitchcockiana.
Num ímpeto de salvamento corri para o parque e fui ajudar a preta a afugentar os corvos (já tinha aliados) agora num mote mais feliniano.
Já com a pega de rastos, de serviço as portas da morte, fiz uma revisão dos tempos passados em pleno Monsanto, onde as pegas eram outras, e examinei-lhe as asas.
Como os conhecimentos eram parcos decidi leva-la ao veterinário mais próximo não sem antes esconder discretamente a carteira, não fosse o diabo cobra-las.
Mas o extraordinário desta história foi que durante o caminho ate ao consultório os cabroes dos corvos foram a seguir-me aos gritos. Agora ate’ tenho medo de voltar para casa…

6 comentários:

Paulo disse...

não foi na tua casa que foi filmado "Os Pássaros" do Hitchcock?...

medo...

Andreia disse...

Guinho é por essas e por outras que gosto de ti aos molhinhos... Ou melhor às toneladas de molhinhos!!!! ès uma daquelas pessoas que não vira a cara. Que não finge que não viu nada e continua a sua alegre existência... És ESPECIAL! E não consigo dizer nada a gozar desta vez. Como é que a bicha ficou? Recuperou? Bjinhos!!!!!! e infinitos bem-hajas para ti... Afinal ainda meti uma "laracha" neste comment ;)

Andreia disse...

P.S. Qdo disse "ès" queria dizer "és"... Sabes que o meu currículo em português não pode ficar manchado por erros de ortografia ;)

Guida disse...

Concordo contigo Andreia... eu acho que não faria tanto pelo pobre bicho e deixaria a natureza seguir o seu curso... ai "Hugo, és o meu herói"!

Hugo disse...

Eh la', nao sei se corei ou se fiquei com tesao... ups!

Andreia disse...

Deve ter sido a segunda hipótese. Vê lá não faças como o outro menino na cozinha... Depois não terás moral alguma para o criticar. Ide mas com cuidadojejeje. :)