segunda-feira, 13 de junho de 2005

o meu WC dava um zoo...

no espírito do pastelinho anterior e enquanto espero que o trabalho me bata à porta outra vez, deixo-vos umas breves palavras susceptíveis de chocar os mais impressionáveis.
a esta altura estarão vós a perguntar "mas que raio de título?", enquanto conjecturam "lá vem este palhaço com histórias que não interessam nem ao menino Jesus, e capazes de levar ao suicídio a mais paciente das alminhas que vagueia neste calhau à Via Láctea plantado". não querendo maçar-vos em demasia, aqui fica a bela da história. até teria piada se não fosse verdade, ou se tivesse acontecido a outro. como é a mim, não consigo alcançar o humor desta situação.

é certo e sabido que os osgas não primam pela higiene. para tal, basta ir a um qualquer WC público para constatar uma de duas coisas (aliás três...): ou não têm pontaria, ou são uns valentes porcos, ou defecam e urinam (não quis dizer cagam e mijam porque afinal de contas isto é um blog sério) de olhos fechados. pessoalmente, eu voto na última. portanto, esta introdução toda para chegar ao busílis da questão. o meu WC em casa. flatshare a quanto obrigas, de 5 em 5 semanas calha aqui ao "Batatinha" limpar o WC. ora, uma das tarefas que está descrita na merda do papel que ninguém parece ler, é remover o pelume que está nos ralos. lavatório, tudo muito bem, direitinho, nunca há nada. já quando chegamos à banheira, o caso muda de figura. palpita-me que serei o único habitante daquela casa que se dá ao trabalho de retirar o pelume. doutra forma é impossível que sempre que limpo a merda da casa de banho saia um magnífico "roadkill" do ralo. um verdadeiro micromamífero, maior que muita ratazana que anda pelas ruas de Londres. felizmente não tem dentinhos, senão bem que me arrancava um dedo ou o narizinho vermelho...

bom, espero ter feito uma descrição suficientemente gráfica para vos deixar enojados. se tivesse uma máquina digital e não tivesse as mãos ocupadas durante o processo de armadilhagem (uma com o bicho, a outra a evitar o vómito) deixaria um recuerdo visual. assim sendo, fico por aqui...

sai um pastelinho de bacalhau...

3 comentários:

grao_de_po disse...

estou indecisa entre uma gargalhada sonora e os espasmos vomíticos da visualização...

Inês disse...

Pois eu por ca' tenho um problema parecido... E' que embora so' partilhe a casa de banho com uma gaija (e o namorado dela quando ele dorme por ca), a banheira tem sempre esse problema. Agravado pela canalizacao mais velha que o cagar de cocoras, da' entupimento mes sim, mes nao... E la anda a mona a comprar produtos desentupidores e a chatear o senhor das reparacoes. As vezes ate' que e' fixe, so' de olhar pra banheira, da'-me logo vontade de ir ao ginasio e tomar banho por la'...

grao_de_po disse...

mas a américa é a terra do melhor desentupidor mundial - a coca-cola :)